quinta-feira, 5 de abril de 2012

Alonso vence corrida conturbada na Malásia

   A segunda corrida do ano comprovou o que muitos esperavam sobre a temporada de 2012. A Red Bull perdeu o domínio para a McLaren, a Ferrari vem fraca, enquanto as outras equipes estão cada vez mais próximas das grandes. Sem dificuldades a McLaren formou a primeira fila do grid. Novamente com Lewis Hamilton em primeiro e Jenson Button em segundo. Schumacher impressionou superando os carros da Red Bull e conquistando o terceiro lugar. 
   A largada foi dada sob a ameaça de chuva. As McLarens se mantiveram na frente enquanto Schumacher rodava e caia para as últimas posições e Romain Grósjean novamente dava adeus a uma corrida. O início foi complicado com muitas disputas por posições, até a chuva apertar e obrigar a organização da corrida a colocar o Safety Car na pista. A chuva começou a apertar e a corrida foi paralisada. 
   Na relargada destaca para Sérgio Peres e Fernando Alonso que com boas estratégias pularam para as primeiras posições. Button e Vettel foram atrapalhados por retardatários e ficaram fora da disputa pela vitória. Hamilton e Webber vinham com um ritmo fraco na chuva, mas para muitos era questão de tempo para pularem pra frente. Conforme a pista ia se secando o rendimento da Ferrari de Fernando Alonso ia caindo rapidamente e até o impressionante Sergio Perez vinha mais rápido. Hamilton e Webber seguiam lentos, sem apertar o ritmo e ameaçar o piloto da Ferrari, com isso Peres passou a ser o grande perigo para Alonso. 
   Nas voltas finais o piloto mexicano acabou se afobando e um erro quase o tirou da corrida. A equipe pediu para ele aceitar o segundo lugar e apenas acompanhar o ritmo de Alonso. O piloto espanhol conseguiu inacreditavelmente vencer a corrida com o fraco carro da Ferrari. Sergio Perez cruzou em segundo e Lewis Hamilton completou o pódio. Mark Webber cruzou na quarta colocação e Kimi Raikkonen com a Lotus terminou em quinto. 
Bruno Senna surpreendeu na chuva e conseguiu o bom 6º lugar na Malásia
   Entre os brasileiros um ritmo bem diferente. Depois de vários anos o país começa a categoria sabendo que não tem pilotos para brigar pelo título e poucos pontos já são de bom tamanho. Ainda assim Felipe Massa segue decepcionando. O piloto brasileiro ao contrário de Alonso nunca foi bom nas estratégias e nem na chuva, terminou a corrida apenas em 15º. Bruno Senna por outro lado deu um show, mesmo após largar mal e cair para as últimas posições mostrou arrojo, ganhou várias posições nos boxes e na pista e terminou na sexta posição. 
Alonso consegue liderar campeonato após 2 corridas em 2012
   Em apenas duas corridas 14 dos 24 pilotos do grid já pontuaram. Entre eles Fernando Alonso é o líder com 35 pontos seguido de perto pelos pilotos da McLaren e por Mark Webber, Sebastian Vettel é apenas o sexto com 18 pontos. No momento as equipes parecem próximas entre si e é provável que haja mais surpresas durante a temporada. Lotus, Sauber e Williams comprovam a evolução, enquanto as três grandes decaem um pouco, a diferença de rendimento entre a classificação e a corrida deixa uma grande incógnita sobre quem está realmente andando na frente. Mas uma coisa é certa, vai ser uma temporada de arrasar. 

Resultado do Grande Prêmio da Malásia de 2012:

1 - Fernando Alonso (ESP/Ferrari) - 2h44m51s812
2 - Sergio Perez (MEX/Sauber-Ferrari) - a 2s263
3 - Lewis Hamilton (ING/McLaren-Mercedes) - a 14s591
4 - Mark Webber (AUS/RBR-Renault) - a 17s688
5 - Kimi Raikkonen (FIN/Lotus-Renault) - a 29s456
6 - Bruno Senna (BRA/Williams-Renault) - a 37s667
7 - Paul di Resta (ESC/Force India-Mercedes) - a 44s412
8 - Jean-Eric Vergne (FRA/STR-Ferrari) - a 46s985
9 - Nico Hulkenberg (ALE/Force India-Mercedes) - a 47s892
10 - Michael Schumacher (ALE/Mercedes) - a 49s996
11 - Sebastian Vettel (ALE/RBR-Renault) - a 1m15s527
12 - Daniel Ricciardo (AUS/STR-Ferrari) - a 1m16s826
13 - Nico Rosberg (ALE/Mercedes) - a 1m18s593
14 - Jenson Button (ING/McLaren-Mercedes) - a 1m19s719
15 - Felipe Massa (BRA/Ferrari) - a 1m37s319
16 - Vitaly Petrov (RUS/Caterham-Renault) - a 1 volta
17 - Timo Glock (ALE/Marussia-Cosworth) - a 1 volta
18 - Heikki Kovalainen (FIN/Caterham-Renault) - a 1 volta
19 - Pastor Maldonado (VEN/Williams-Renault) - a 2 voltas
20 - Charles Pic (FRA/Marussia-Cosworth) - a 2 voltas
21 - Narain Karthikeyan (IND/HRT-Cosworth) - a 2 voltas
22 - Pedro de la Rosa (ESP/HRT-Cosworth) - a 2 voltas
Não completaram:
Kamui Kobayashi (JAP/Sauber-Ferrari) - a 11 voltas
Romain Grosjean (FRA/Lotus-Renault) - a 52 voltas

Nenhum comentário: