terça-feira, 13 de julho de 2010

Campeonato após 10 corridas: Hamilton se recupera no campeonato e lidera cada vez mais isolado

Colocação no Mundial de Pilotos: 1º- 145pontos
Resultados/Pontos:
Barhein-3º/15
Austrália-6º/8
Malásia-6º/8
China-2º/18
Espanha-14º/0
Mônaco-5º/10
Turquia-1º/25
Canadá-1º/25
Europa-2º/18
Inglaterra-2º/18
Ocorrido até aqui: Hamilton sempre foi um piloto talentoso, quando estreou na Fórmula 1 e andou no nível de seu companheiro bi-campeão do mundo já mostrou que não seria um piloto qualquer. Na sua segunda temporada já foi campeão e mesmo tendo uma recaída com o fraco rendimento da equipe em 2009, ainda conseguiu uma vitória, confirmando que não era só o bom carro que o deixava na frente. Em 2010 a McLaren voltou à ter um bom carro e portanto era esperado que Hamilton voltasse à brigar pelo título. O inglês começou o ano de forma desastrosa, cometendo erros bobos e pagando pelo seu excesso de arrojo. Nas cinco primeiras corridas somou 49 pontos, estando atrás de seu companheiro de equipe Jenson Button, porém com o passar das corridas Lewis encontra finalmente o acerto perfeito da McLaren e desde então deixou de cometer erros, conquistou duas vitórias e dois segundos lugares, o que o colocam como líder do campeonato isolado e pelo visto volta ao auge de sua performance.
O esperado até o fim do ano: Apesar de ser o líder do campeonato, Hamilton sabe muito bem que a briga pelo título esta aberta e que possui ameaças. A equipe Red Bull ainda é a mais rápida e aos poucos Vettel e Webber poderão começar à se aproximarem, além é claro que seu próprio companheiro de equipe pode ser visto como um adversário quase à altura. Caso Hamilton mantenha-se em seu melhor ritmo até o fim da temporada e sem cometer erros e a equipe McLaren melhore até o fim do ano, ele passa à ser sim o grande favorito ao título. Mas como todo piloto jovem ele também esta sujeito à erros que poderão prejudicá-lo caso volte à cometê-los. Esses erros lhe tiraram o título de 2007 e por pouco não tiraram o de 2008. Mas Hamilton promete ter se amadurecido e com isso passa à ser o piloto à ser batido na segunda metade da temporada.
    

Nenhum comentário: